Mariza, Luis Guerreiro, António Neto, Vasco Sousa, Jaques Morelenbaum Recusa cover

Recusa
by , Luis Guerreiro, António Neto, Vasco Sousa &
Lyrics and Meaning


Ratings

Song Lyrics

Song Meaning
Verse 1
Se ser fadista, é ser lua
É perder o sol de vista
Se ser fadista, é ser lua
É perder o sol de vista
Ser estátua que se insinua
Então, eu não sou fadista
Ser estátua que se insinua
Então, eu não sou fadista
Verse 2
Se ser fadista é ser triste
É ser lágrima prevista
Se ser fadista é ser triste
É ser lágrima prevista
Se por mágoa o fado existe
Então, eu não sou fadista
Se por mágoa o fado existe
Então, eu não sou fadista
Verse 3
Se ser fadista é no fundo
Uma palavra trocista
Se ser fadista é no fundo
Uma palavra trocista
Roçando as bocas do mundo
Então eu não sou fadista
Roçando as bocas do mundo
Então eu não sou fadista
Verse 4
Mas se é partir à conquista
De tanto verso ignorado
Mas se é partir à conquista
De tanto verso ignorado
Então eu não sou fadista
Eu sou mesmo o próprio fado
Então eu não sou fadista
Eu sou mesmo o próprio fado

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind



What's Your Interpretation?

No Thoughts or Song Meanings Yet

Be the first to leave a thought.

Related Blog Posts