Nando Reis, Os Infernais Sua impossível chance cover

Sua impossível chance
by & Os Infernais
Lyrics and Meaning


Released
April 23, 2012
Ratings

Song Lyrics

Song Meaning
Verse 1
Só sorriu depois
Do que chorou na véspera
Com a mão na testa
Os olhos enxugou
Sabe que sorrir é bom
E quem não detesta
Sofrer a espera
De quem sempre amou
Há sempre
A pequena chance
Do impossível rolar
Soterrar o mundo inteiro
Com um avalanche
Só pra que possa sobrar
Apenas eu e você
Bastaria pra que todo o mundo
Houvesse em qualquer lugar
Verse 2
Só sorriu depois
Do que chorou na véspera
Com a mão na testa
Os olhos enxugou
Sabe que sorrir é bom
E quem não detesta
Sofrer a espera
De quem sempre amou
Há sempre
A pequena chance
Do impossível rolar
Soterrar o mundo inteiro
Com um avalanche
Só pra que possa sobrar
Apenas eu e você
Bastaria pra que todo o mundo
Houvesse em qualquer lugar

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind



What's Your Interpretation?

No Thoughts or Song Meanings Yet

Be the first to leave a thought.

Related Blog Posts