Vigília cover
Vigília cover

Vigília Lyrics Meanings
by Um Corpo Estranho

1

Vigília Lyrics

Já não demora
Cai a primeira neve lá fora
E o meu corpo ficou vigilante para lá da hora

Lá onde mora
A ventura, é segredo por hora
O desígnio do peito é guardar quem vai embora

E vem a saudade furtiva alertar à lembrança que viva
Que o teu perfil fugidio volta sempre ao abrigo do frio

Já não demora
Cai a primeira neve lá fora
E o meu corpo ficou vigilante para lá da hora

A mente tonta
E a manhã clandestina desponta
A provar que do tempo que corre não se dá conta

De Sentinela
Ao apelo que vem da janela
Que partiu sem aviso e eu preciso esperar por ela

E vem a saudade furtiva alertar à lembrança que viva
Que o teu perfil fugidio volta sempre ao abrigo do frio

A mente tonta
E a manhã clandestina desponta
A provar que do tempo que corre não se dá conta

Writer(s): Joao Miguel Marques Mota Dos Santos, Pedro Miguel Ferreira Franco
Copyright(s): Lyrics © Lusitanian
Lyrics Licensed & Provided by LyricFind

Vigília Meanings

Be the first!

Post your thoughts on the meaning of "Vigília".

End of content

That's all we got for #

What Does Vigília Mean?

Attach an image to this thought

Drag image here or click to upload image

Lyrics Discussions
Hot Tracks
Recent Blog Posts