Bem Devagar cover
Bem Devagar cover

Bem Devagar Lyrics Meanings
by Guilherme Lacerda


Bem Devagar Lyrics

4-BEM DEVAGAR
(Guilherme Lacerda)

Bem devagar do jeito que tem que ser
observando o lugar o modo de plantar o jeito de colher

Vendo a copa das árvores o ninho das aves,
a grama os pomares em todos lugares,
por todos os ares um brilho constante se faz colorir
a vida se renova e essa é a prova que tudo é perpétuo
do feto desde o nascimento
até o momento que chega a hora de partir

REFRÃO

O ocaso pelo horizonte a fonte no vale da vida
a flor que se abre a folha perdida
voando sozinha planando no ar
com toda liberdade o mar se revolta e faz correnteza
trazendo de volta o aroma a pureza
e a certeza que tudo pode melhorar

REFRÃO

Porque uma centena são dez dezenas
que somam-se as penas e multiplicando se tornam poemas
e como as abelhas fazem um zum-zum-zum
Independentemente desse resultado
elevado ao cubo e somado ao quadrado
buscamos no saldo o nosso denominador comum

REFRÃO

Toda a plenitude está na juventude e não na idade
num vôo tranquilo pela paisagem
de um fim de tarde ou um nascer do Sol
Um belo sorriso, uma brisa amena
um beijo sincero, a luz refletida, o eterno
um sustenido um bemol

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind

What's Your Interpretation?

Attach an image to this thought

Drag image here or click to upload image

End of content

That's all we got for #

Lyrics Discussions

Hot Tracks

by Bryce Vine

0

14
by Bazzi

0

4